UFES

Divulgar conteúdo
Atualizado: 1 hora 21 minutos atrás

Equipe do Pró-Reitoria de Administração realiza visita técnica à ArcelorMittal

1 hora 36 minutos atrás

Buscando criar oportunidades criativas de qualificação profissional para a sua equipe, o Departamento de Administração (DA) da Pró-Reitoria de Administração (Proad) da Ufes realizou visita técnica à área de materiais e suprimentos da empresa ArcelorMittal, na sua unidade de Tubarão, em Vitória. Os servidores do DA foram recebidos pelos supervisores de suprimentos e de almoxarifado, que apresentaram os números de desempenho e o funcionamento do sistema de compras e de armazenagem da Arcelor.

O diretor do DA, Renato Fraga, avaliou que a visita foi muito importante, uma vez que os servidores da Ufes conheceram o elevado padrão de organização das atividades administrativas e operacionais de uma empresa de grande porte.

Na ocasião, eles verificaram os métodos de utilização de modernas tecnologias aplicadas às áreas de materiais e também conheceram a importância da qualificação dos profissionais responsáveis pelas áreas de compras, suprimentos e armazenagem da empresa. “É algo fundamental para o efetivo funcionamento de setores essenciais para uma organização”, salientou Fraga.

A ArcelorMittal é uma empresa siderúrgica, líder mundial em produção de aço, sendo que na unidade de Tubarão ela possui 16 almoxarifados com, aproximadamente, 42 mil itens armazenados. A visita foi realizada no dia 24 de junho.

Texto: Luiz Vital
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Lançamento coletivo marca solenidade em comemoração aos 20 anos da Edufes

1 hora 42 minutos atrás

Vinte novas obras impressas e cinco obras digitais foram lançadas na noite desta terça-feira (30), no Teatro Universitário, na cerimônia de comemoração dos 20 anos da Edufes. Participaram da solenidade a vice-reitora, Ethel Maciel; do superintendente de Cultura e Comunicação da Ufes, Edgard Rebouças; do secretário de Cultura Rogério Borges; da representante do Conselho Editorial da Edufes, Cleonara Schwartz; do coordenador da Editora Washington Romão e do ex-governador Max Mauro.

Na ocasião também foi apresentado o CD Museu – Sonatas para Alaúde e Monocórdio, com composições do professor do Departamento de Música José Eduardo Costa, lançado por meio do projeto de extensão Estúdio de Música Ufes.

O superintendente de Cultura e Comunicação da Ufes lembrou da importância da Edufes no processo de democratização do ensino para a comunidade. “Acredito que o livro impresso não irá acabar e espero que os textos acadêmicos tenham vida longa para que a sociedade possa ter conhecimento de tudo o que é produzido dentro da Ufes”, afirmou Edgard Rebouças.

A ex-superintendente de Cultura e Comunicação da Universidade, Ruth Reis, foi lembrada durante a solenidade por sua importante contribuição na reestruturação e ampliação da Editora.

Projeto de leitura

Durante a cerimônia, a vice-reitora Ethel Maciel anunciou que a Universidade está desenvolvendo um projeto de estímulo à leitura, no qual serão doados livros para os estudantes. “Acreditamos que o livro integra a educação e, por isso, precisamos democratizar a leitura entre os estudantes. Nossa proposta é que cada aluno possa ter um livro dos nossos autores e até mesmo do seu próprio professor”, ressaltou.

O lançamento do projeto acontecerá no próximo semestre letivo e os livros que foram apresentados na noite também estarão entre os que serão doados.

Confira abaixo os novos lançamentos da Editora:

Obras impressas

- Africanidades e brasilidades: ensino, pesquisa e crítica, de Jurema Oliveira e Luís Eustáquio Soares.

- Aprender a ensinar matemática a crianças com jogos computacionais: em ambiente presencial e a distância, de Jussara Martins Albernaz.

- Bandidos e elites citadinas na África romana: um estudo sobre a formação de estigmas com base nas metamorphoses de Apuleio de Madaura, de Belchior Monteiro Lima Neto.

- Circuitos e fronteiras da História da Educação – Coleção Horizontes da Pesquisa em História da Educação no Brasil - vol.12, de Elizabeth Figueiredo de Sá, Regina Helena Silva Simões e Wenceslau Gonçalves Neto.

- Educação em Arte na Contemporaneidade, de Maria Gonçalves e Moema Rebouças.

- Educação Infantil em Tempo Integral, de Vânia Carvalho de Araújo.

- Estado em questão vol. 1 – Pequenez, crime organizado e unanimidade, de Roberto Garcia Simões.

- Formação de professores de Educação Física: elementos para pensar uma epistemologia das práticas formativas, de Zenólia Christina Campos Figueiredo.

- Jair Dessaune: um exemplo, de Laurita Dessaune e Marcos Dessaune.

- Linguagem, verdade e conhecimento: uma análise epistemológica do jornalismo a partir de duas perspectivas semióticas, de Rafael Paes Henriques.

- Mulher e gênero em debate: representações, poder e ideologia, Maria Beatriz Nader e Lívia de Azevedo Silveira Rangel.

- Narrativas de gênero: relatos de história oral: experiência ítalo-brasileira na Itália contemporânea, de Luis Fernando Beneduzi e Gláucia de Oliveira Assis.

- Natureza e identidade no projeto artístico, de Santiago Vera Gañizares.

- Por baixo dos panos: governadores e assembleias no Brasil contemporâneo, de André Ricardo Valle Vasco Pereira.

- Redes de colaboração para inovação: a experiência do Living Lab Habitat, de Miriam de Magdala Pinto.

- Santa Maria de Jetibá uma comunidade teuto-capixaba, de Regina Rodrigues Hees.

- Síndrome de dependência alcoólica da teoria à prática do cuidar, de Marluce Miguel de Siqueira.

- Todos os poemas o poema, de Alexandre Curtiss, Raimundo Carvalho, Wilberth Salgueiro;

- Transição agroecológica e sustentabilidade dos agricultores familiares, de Haloysio Siqueira;

- Valter Bracht e a Educação Física: um pensamento em movimento, de Felipe Quintão de Almeida e Ivan Marcelo Gomes.

Obras digitais

- Controle Social e Política Redistributiva no Orçamento Participativo, de Euzeneia Carlos;

- Educação em Arte na Contemporaneidade, de Maria Gorete Dadalto Gonçalves e Moema Martins Rebouças;

- Popular Participation on the Elaboration of Municipal Public Budgets: The Espírito Santo Case -1983 a 1994, de Fernando João Pignaton

- Por que é importante ler literatura, de Maria Mirtis Caser e Santinho Ferreira de Souza;

- Saberes, narrativas e conflitos na pesca artesanal, de Winifred Knox e Aline Trigueiro.

CD

CD Museu – Sonatas para Alaúde e Monocórdio, com composições do professor do Departamento de Música José Eduardo Costa (lançamento por meio do projeto de extensão Estúdio de Música Ufes)

Texto: Nayara Santana (bolsista de projeto de Comunicação)
Foto: Jéssyka Saqueto
((bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Manchete

Escritores já podem se inscrever no III Prêmio Ufes de Literatura

2 horas 24 minutos atrás

Incentivar e divulgar a produção de obras literárias são as propostas do III Prêmio Ufes de Literatura que foi lançado na noite desta terça-feira (30), no Teatro Universitário, na cerimônia de aniversário de 20 anos da Editora da Ufes (Edufes).

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 31 de julho. Os interessados poderão concorrer em duas modalidades: Autor e Antologia, sendo que cada modalidade é divida por categorias. Cada autor só poderá concorrer com a inscrição de uma obra, que deverá ser inédita e de autoria exclusiva daquele que se inscrever como autor concorrente.

As obras e a ficha de inscrição (anexada no edital abaixo) deverão ser enviadas para o e-mail premioufesdeliteratura@ufes.br.  Os ganhadores na categoria Autor terão suas obras publicadas sem nenhum custo, e cada um receberá 100 exemplares do seu livro. Já na modalidade Antologia, a premiação consiste também na publicação de suas obras e no recebimento de 10 exemplares, cada um, da coletânea da qual participa. O resultado final será divulgado no dia 27 de novembro.

Jabuti e ABEU

Também estão abertas as inscrições para o 57º Prêmio Jabuti, concedido pela Câmara Brasileira do Livro. Criado em 1958, o Jabuti é o mais tradicional prêmio do livro no Brasil e premia não apenas o trabalho do escritor, mas de todas as áreas envolvidas na criação e produção de um livro.

O Jabuti 2015 contempla 27 categorias e as inscrições podem ser feitas até o dia 31 de julho. Mais informações estão disponíveis no site premiojabuti.com.br .

Outra oportunidade para os escritores é o Prêmio ABEU 2015, da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU). O prêmio contempla livros editados por editoras em instituições de ensino superior ou de pesquisa do Brasil e as inscrições vão até o dia 14 de agosto.

 Mais detalhes sobre o prêmio e o regulamento completo estão disponíveis no endereço eletrônico http://www.abeu.org.br/institucional/premio-abeu/1-1-6/conteudo.aspx .

Texto: Nayara Santana (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: MancheteAnexo:  iii_premio_ufes_de_literatura.pdf

Começa nesta quinta o I Seminário Internacional do Observatório de Tradução

2 horas 30 minutos atrás

A Ufes sedia nesta quinta e sexta-feira, dias 2 e 3, o I Seminário Internacional do Observatório de Tradução: Arte, Mídia e Ensino. O evento será realizado das 8 às 18 horas, no auditório do IC-2, no campus de Goiabeiras.

O seminário contará com a presença dos conferencistas internacionais María Constanza Guzmán (York University/Toronto) e Joshua Price (State University of New York), que falarão sobre Translations and Territorial Imaginaries: Journals as Sites of Exchange in Latin America e Translation and Epistemicide in Latin America, respectivamente.

Estudantes do curso de graduação Letras/Inglês da Universidade também apresentarão trabalhos sobre a relação da tradução com o humor, as legendas de seriados, a educação infantil, a intersemiótica e a literatura.

Intercâmbio

O Observatório de Tradução é um projeto de extensão que tem por objetivo articular diversas atividades relacionadas à tradução entre línguas e/ou entre linguagens e possibilitar o intercâmbio cultural entre professores, estudantes da graduação e pós-graduação e as diversas áreas da Ufes e da comunidade externa.

A programação completa do evento está disponível no endereço eletrônico  http://bit.ly/1S2vDDg . A participação é gratuita.

“Ao completar seu primeiro ano, o Observatório apresentará à comunidade os resultados dos projetos em andamento, que incluem tradução literária de obras capixabas, tradução dos sites dos programas de pós-graduação mestrados e doutorados da Ufes, legendagem de vídeos, treinamento para intérpretes e apoio à Universidade e à comunidade externa em traduções de projetos culturais diversos”, explica uma das coordenadoras do seminário, a professora Junia Zaidan.

Texto: Letícia Nassar e Betina Hatum (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Manchete

Inscrições abertas para Encontro de Pesquisadores em Comunicação e Música

9 horas 5 minutos atrás

O Centro de Artes da Ufes recebe entre os dias 05 e 07 de agosto de 2015 pesquisadores de todo o país para o VI Encontro Nacional de Pesquisadores em Comunicação e Música - Musicom.

O evento, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades (PÓSCOM), tem como objetivo estimular debates que evidenciam a música como instrumento de mediação na contemporaneidade. A edição deste ano traz como tema “As dimensões do cotidiano na interface mídia, música e consumo”. 

A programação contará com apresentações de trabalhos, mesas coordenadas e palestras com os professores Eduardo Vicente (Universidade de São Paulo - USP), Thiago Soares (Universidade Federal de Pernambuco - UFPE) e  Fabrício Silveira (Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos), além de lançamento de livros e de produtos musicais.

Os interessados em participar do encontro têm até o dia 3 de agosto para realizar sua inscrição no site do evento: http://www.musicom.mus.br . Os participantes como ouvintes também terão direito a certificado. 

Mais informações: https://musicom2015.wordpress.com/

Texto: Thereza Marinho

Categoria: Destaque

Editais abertos para mestrado em Informática e Economia

9 horas 20 minutos atrás

Estão abertos três editais de pós-graduação para mestrado. São 17 vagas para a área de Informática e 16 para Economia.

Para o mestrado em Informática, o candidato deve se inscrever até 6 de julho, na secretaria de Pós-Graduação em Informática, localizada no Centro Tecnológico, no campus de Goiabeiras. O edital está disponível no www.informatica.ufes.br.

Para o mestrado em Economia, o interessado deve se inscrever no exame da Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação em Economia (Anpec) até 30 de julho. Após a inscrição no exame, o candidato deve enviar curriculum lattes e projeto de pesquisa no período de 27 de julho a 30 de setembro para a secretaria do Programa de Pós-Graduação em Economia, localizada no Departamento de Economia, no campus de Goiabeiras.

Fixação de doutores

Vai até o dia 3 de julho o prazo de inscrições para concessão de bolsa para fixação de doutores e de auxílio financeiro para o desenvolvimento do projeto na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Os documentos exigidos no edital devem ser entregues na secretaria de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, localizada no prédio de Nutrição e Engenharia de alimentos, no campus de Alegre.

Os editais de Economia e Fixação de Doutores estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (www.prppg.ufes.br). Mais informações pelo telefone (27) 4009-2434.

Texto: Maria Luiza Silva (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: DestaqueEdital

TV Ufes: Cine Metrópolis exibe Mostra Próximos Olhares nesta sexta, dia 3

9 horas 39 minutos atrás

Na próxima sexta-feira, 3 de julho, a partir das 18 horas, acontece no Cine Metrópolis a mostra “Próximo Olhares”. Videoclipes, ficções e documentários realizados pelos alunos dos cursos de Música e de Cinema e Audiovisual serão apresentados em sessão gratuita, aberta a toda a comunidade. A TV Ufes produziu uma matéria especial sobre a Mostra, e traz entrevistas com os estudantes que dirigiram os três documentários que fazem parte da programação.

Confira no link: http://migre.me/qs3oQ

A mostra é uma ação do programa de extensão universitária vinculado aos departamentos de Comunicação Social (DepCom) e de Teoria da Arte e Música ( DTAM), e tem como objetivo integrar as produções dos cursos, além de apresentar os trabalhos desenvolvidos pelos estudantes para o público.

A TV Ufes é veiculada no Canal 13 da NET e também divulga seus conteúdos na internet, por meio da página www.facebook.com/tvufes e do canal TelevisaoUfes.

 

Categoria: Manchete

Inscrições para o processo de remoção interna de servidores começam dia 6 de julho

ter, 30/06/2015 - 16:38

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep) abre no período de 06 a 10 de julho as inscrições para o processo de remoção interna para servidores técnico-administrativos da Ufes, independentemente do interesse da Administração.

O Processo Seletivo de Remoção, a pedido do servidor, é um procedimento implantado na Universidade com o objetivo de proporcionar ao servidor técnico-administrativo em Educação a possibilidade de ampliar o desenvolvimento de competências de acordo com seu perfil profissional, levando em consideração sua formação, conhecimentos, habilidades e atitudes.

 “Acreditamos que o processo seletivo de remoção, a pedido, representa um ganho significativo para a categoria, uma vez que viabiliza e respeita uma escolha individual do servidor. Ao mesmo tempo, proporcionando uma qualidade de vida no trabalho, melhoria no clima organizacional e na qualidade dos serviços prestados à comunidade”, enfatiza a pró-reitora de Gestão de Pessoas, Lucia Casate.

Os servidores interessados em participar do devem verificar no Edital 01/2015- Progep, a disponibilidade de vagas para o seu cargo e se as atividades a serem executadas no setor pretendido estão de acordo com seu interesse e habilidade profissional.

Para se inscrever é necessário preencher o formulário de avaliação para remoção, disponível no site www.progep.ufes.br , em que também se encontra o edital completo com todas as informações, exigências e critérios do processo de remoção.

Texto: Jorge Medina
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Palácio Anchieta recebe exposição “Corpo humano: da célula ao homem”

ter, 30/06/2015 - 16:25

O Museu de Ciências da Vida (MCV), do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Ufes, inicia nesta quarta-feira, dia 1º de julho, a exposição “Corpo humano: da célula ao homem”, no Espaço Cultural Palácio Anchieta, no Centro de Vitória.

A exposição científica estará aberta ao público gratuitamente até o dia 30 de agosto, e as visitações poderão ser feitas das terças às sextas-feiras, das 9 às 18 horas; aos sábados, das 9 às 17 horas; e aos domingos, das 9 às 16 horas. A abertura oficial da exposição será realizada nesta terça-feira, dia 30, às 19 horas, com as presenças do reitor Reinaldo Centoducatte; da diretora do CCS, Gláucia Abreu; e do governador do Estado, Paulo Hartung.

Na exposição, o MCV apresenta o seu acervo científico com cerca de 280 peças, entre ossos, espécimes naturais mumificadas, fixadas em formol ou plastinadas – moderno método de conservação –, réplicas realísticas de fósseis de hominídeos e de animais pré-históricos, modelos anatômicos didáticos de órgãos e sistemas.

O coordenador do MCV, professor Athelson Bitencourt, também curador da exposição, salienta que a mostra é uma oportunidade para se conhecer os segredos e curiosidades do corpo humano, sendo um rico aprendizado para o visitante. “A programação é extensa e traz ações educativas, como oficinas gratuitas para os visitantes”, afirma Bitencourt. O projeto idealizado pelo professor é inédito no Brasil.

Evolução

Na exposição, o visitante pode fazer uma viagem pela história da evolução humana, desde os primeiros vertebrados até a era moderna. Por meio de modelos didáticos em 3D e de microscópios, o visitante poderá visualizar toda a estrutura do corpo humano. Além disso, a exposição apresenta um corpo humano dissecado, vertical e fixado em formol. “É a peça que mais atrai a atenção dos visitantes”, destaca o professor Athelson Bitencourt.

A mostra também apresenta aspectos anatômicos e funcionais do corpo, das estruturas elementares às mais complexas, como o DNA, células e tecidos, órgãos e sistemas, o desenvolvimento embrionário e fetal, e a anatomia comparada de vertebrados. 

Interatividade

A exposição do MCV traz conteúdo interativo, por meio de modernas tecnologias, em que o visitante pode transitar e ter acesso ao espaço multimídia, com capacidade para 45 lugares, onde será exibido o filme “Viagem por dentro do corpo humano”, com 15 minutos de duração.

A coleção é toda informatizada, com a utilização de modernas tecnologias da informação. Segundo o professor, é disponibilizado para os interessados um aplicativo para smartphone e tablet, acessível na internet, em que o visitante tem acesso a informações sobre cada peça, com opção de língua em português, inglês ou Libras, ou áudio em português.

Bitencourt, que é professor de Anatomia e Neuroanatomia do CCS/Ufes, destaca que a exposição oferece oficinas para os visitantes, incluindo a montagem de um corpo humano, de um esqueleto, e de um quebra-cabeça com radiografias de um esqueleto humano. A realização da mostra é resultado de uma parceria entre Ufes, Governo do Estado, CNPq, Fapes, Facitec, Ceturb-G e Central Única das Favelas (Cufa-ES).

Serviço:

Exposição científica “Corpo humano: da célula ao homem”
Período: de 1º/07 a 30 de agosto
Local: Espaço Cultural Palácio Anchieta – Praça João Clímaco, s/n, Cidade Alta, Centro de Vitória.
Visitação: das terças às sextas-feiras, das 9 às 18h; aos sábados, das 9 às 17h; e aos domingos, das 9 às 16h.
Entrada gratuita.

Texto: Luiz Vital
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Nas redes sociais, maioria dos grupos é contra a redução da maioridade penal

seg, 29/06/2015 - 19:18

Uma análise feita pelo Laboratório de Imagem e Cibercultura (Labic) da Ufes nas redes sociais mostra que há uma grande mobilização contra a redução da maioridade penal, e que, ao contrário do que muitos pensam, uma minoria é a favor da proposta.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos em casos de crimes hediondos (como latrocínio e estupro), homicídio doloso, lesão corporal grave e roubo qualificado, será votada nesta terça-feira, dia 30, pela Câmara dos Deputados.

A pesquisa realizada pelo Labic mostrou que, no Facebook, das 331 páginas, eventos e grupos que se dedicam a discutir prós e contras da maioridade penal analisados, 70% são contra a redução. No Twitter, com uma amostra de 148 mil tweets coletados entre 20 de março a 20 de junho de 2015, também foi possível identificar maior concentração de perfis organizados contra a redução. 

“Esse foi um processo de mobilização digital muito intenso na rede, que acabou reverberando num espaço físico e inclusive nos nossos governantes. Provocou um ativismo nas ruas também, que acabou por desconstruir que a redução é um desejo da maioria da população”, afirma um dos coordenadores do Labic, professor Fábio Goveia.

Em meio a divergências e críticas entre políticos e sociedade civil, a proposta foi aprovada por uma comissão especial da Câmara, com 21 votos favoráveis e seis contrários. Para esta terça, o texto precisará de, no mínimo, 308 votos para ser aprovado, em dois turnos de votação. Se passar, deverá ser votado no Senado.

"A redução da maioridade penal não é a solução para a violência. O país é o terceiro lugar do mundo em população carcerária e sabemos que a punição de adolescentes por meio do encarceramento não é a solução do problema, que passa por uma questão social e de educação, principalmente", opina a vice-reitora Ethel Maciel. 

Conselho Universitário

No dia 10 de abril deste ano, o Conselho Universitário da Ufes manifestou-se publicamente, reafirmando seu compromisso com a sociedade brasileira e capixaba e demonstrando sua preocupação com a forma como foram encaminhadas as discussões e as ações do Congresso Nacional no que diz respeito à proposta de redução da maioridade penal.

Em texto publicado no portal da Ufes, o Conselho afirmou: “A sociedade não pode sofrer uma alteração na legislação com impactos tão profundos de maneira tão açodada, pautada simplesmente na opinião de apresentadores de programas televisivos, na perplexidade social diante de casos de violência e nos sentimentos não refletidos diante do impacto de notícias que envolvem a prática de delitos por pessoas menores de idade”.

Ao final do documento, o Conselho declarou: “Manifestamos, desta forma, os anseios por políticas públicas que de fato previnam a violência, com a defesa permanente dos direitos da juventude brasileira e, ao mesmo tempo, um amplo debate que preceda qualquer alteração na legislação em vigor”.

Texto: Luísa Perdigão (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Ufes comunica com pesar o falecimento da estudante Angélica Gomes

seg, 29/06/2015 - 16:17

A Administração Central da Ufes comunica com pesar o falecimento da estudante do último período do curso de Publicidade e Propaganda, Angélica Gomes, ocorrido neste domingo, 28.

O sepultamento foi realizado nesta segunda-feira, 29, às 10 horas, no cemitério de Carapina, no município da Serra.

Em nome de toda comunidade acadêmica, a Administração Central da Ufes presta sua solidariedade aos familiares e amigos da estudante. 

Categoria: Destaque

Edufes celebra 20 anos com lançamento de 25 obras nesta terça, 30

seg, 29/06/2015 - 15:23

Em comemoração ao aniversário de 20 anos da Editora da Ufes (Edufes) será realizada nesta terça-feira, 30, uma cerimônia no Teatro Universitário com o lançamento de 20 obras impressas, cinco obras digitais e o CD Museu – Sonatas para Alaúde e Monocórdio, com composições do professor do Departamento de Música José Eduardo Costa, por meio do projeto de extensão Estúdio de Música Ufes.

A cerimônias terá início às 18h30 e é aberto a toda comunidade universitária. As obras lançadas também estarão à venda no evento de lançamento e poderão ser adquiridas por meio de pagamento em dinheiro ou cheque.

Na oportunidade acontecerá ainda a abertura do III Prêmio Ufes de Literatura, que tem como proposta incentivar e divulgar a produção de obras literárias. Segundo o coordenador da Edufes, Washington Romão dos Santos, a trajetória da Editora acompanha a da Universidade. “Nossa proposta sempre foi sistematizar e ampliar o acesso do conhecimento produzido dentro da instituição a toda comunidade”, afirma.

Ele acrescenta que melhorar a qualidade das obras e ampliar o nome da Ufes em todo país são algumas das expectativas para os próximos anos. “Devolvemos a confiança que a sociedade deposita em nós na forma de obras e, por isso, que cada vez mais estamos nos adaptando e ampliando nosso suporte digital”, afirma o coordenador.

A Edufes é uma unidade vinculada à Superintendência de Cultura e Comunicação da Ufes e está localizada no campus de Goiabeiras, ao lado da Galeria de Arte Espaço Universitário.

Confira abaixo os novos lançamentos da Editora:

Obras impressas

- Africanidades e brasilidades: ensino, pesquisa e crítica, de Jurema Oliveira e Luís Eustáquio Soares.

- Aprender a ensinar matemática a crianças com jogos computacionais: em ambiente presencial e a distância, de Jussara Martins Albernaz.

- Bandidos e elites citadinas na África romana: um estudo sobre a formação de estigmas com base nas metamorphoses de Apuleio de Madaura, de Belchior Monteiro Lima Neto.

- Circuitos e fronteiras da História da Educação – Coleção Horizontes da Pesquisa em História da Educação no Brasil - vol.12, de Elizabeth Figueiredo de Sá, Regina Helena Silva Simões e Wenceslau Gonçalves Neto.

- Educação em Arte na Contemporaneidade, de Maria Gonçalves e Moema Rebouças.

- Educação Infantil em Tempo Integral, de Vânia Carvalho de Araújo.

- Estado em questão vol. 1 – Pequenez, crime organizado e unanimidade, de Roberto Garcia Simões.

- Formação de professores de Educação Física: elementos para pensar uma epistemologia das práticas formativas, de Zenólia Christina Campos Figueiredo.

- Jair Dessaune: um exemplo, de Laurita Dessaune e Marcos Dessaune.

- Linguagem, verdade e conhecimento: uma análise epistemológica do jornalismo a partir de duas perspectivas semióticas, de Rafael Paes Henriques.

- Mulher e gênero em debate: representações, poder e ideologia, Maria Beatriz Nader e Lívia de Azevedo Silveira Rangel.

- Narrativas de gênero: relatos de história oral: experiência ítalo-brasileira na Itália contemporânea, de Luis Fernando Beneduzi e Gláucia de Oliveira Assis.

- Natureza e identidade no projeto artístico, de Santiago Vera Gañizares.

- Por baixo dos panos: governadores e assembleias no Brasil contemporâneo, de André Ricardo Valle Vasco Pereira.

- Redes de colaboração para inovação: a experiência do Living Lab Habitat, de Miriam de Magdala Pinto.

- Santa Maria de Jetibá uma comunidade teuto-capixaba, de Regina Rodrigues Hees.

- Síndrome de dependência alcoólica da teoria à prática do cuidar, de Marluce Miguel de Siqueira.

- Todos os poemas o poema, de Alexandre Curtiss, Raimundo Carvalho, Wilberth Salgueiro;

 

- Transição agroecológica e sustentabilidade dos agricultores familiares, de Haloysio Siqueira;

- Valter Bracht e a Educação Física: um pensamento em movimento, de Felipe Quintão de Almeida e Ivan Marcelo Gomes.

Obras digitais

- Controle Social e Política Redistributiva no Orçamento Participativo, de Euzeneia Carlos;

- Educação em Arte na Contemporaneidade, de Maria Gorete Dadalto Gonçalves e Moema Martins Rebouças;

- Popular Participation on the Elaboration of Municipal Public Budgets: The Espírito Santo Case -1983 a 1994, de Fernando João Pignaton

- Por que é importante ler literatura, de Maria Mirtis Caser e Santinho Ferreira de Souza;

- Saberes, narrativas e conflitos na pesca artesanal, de Winifred Knox e Aline Trigueiro.

Texto: Nayara Santana (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Ufes sedia lançamento do Instituto Brasileiro de Transmasculinidade no ES

seg, 29/06/2015 - 12:42

O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Sexualidade (NEPS) realiza nesta terça-feira, dia 30, o lançamento do Instituto Brasileiro de Transmasculinidade no Espírito Santo (Ibrat-ES). O evento acontece no auditório do Centro de Ciências Exatas (CCE), no campus de Goiabeiras.

O organizador do evento e mestrando em Psicologia da Ufes, Mateus Pedrini, afirma que o encontro tem como objetivo, além do lançamento do Ibrat-ES, “trazer pessoas interessadas para o debate sobre a transmasculinidade, produzir demandas e dar visibilidade a esse grupo reduzido e marginalizado”.

O Ibrat está presente em vários estados brasileiros e funciona como uma rede nacional de homens transexuais ativistas, que lutam pelo reconhecimento de direitos sociais e cidadania, e promovem formação política, estudos e pesquisas sobre a transmasculinidade.

A programação começa às 8 horas, com uma mesa de conversa sobre o movimento LGBT e o combate à homotransfobia. Participarão da discussão o coordenador nacional do IBRAT, Luciano Palhano e a professora da Unicamp e pesquisadora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, Regina Facchini.

O evento é gratuito e aberto a toda comunidade. As inscrições deverão ser feitas no dia e haverá emissão de certificado para os participantes.

Mais informações na fanpage do Instituto Brasileiro de Transmasculinidade (Ibrat): https://www.facebook.com/institutoibrat?ref=ts&fref=ts e no evento do Lançamento: https://www.facebook.com/events/906740092716421/

Texto: Luísa Perdigão (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Aberto processo seletivo extraordinário para cursos de Comunicação Social

seg, 29/06/2015 - 11:02

A Ufes decidiu realizar um processo seletivo extraordinário para ingresso no segundo semestre nos cursos de Comunicação Social, utilizando as notas do Enem 2014. Serão ofertadas 26 vagas no curso de Comunicação Social – Jornalismo, e 26 vagas no curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, ambos em Vitória.

A inscrição deverá ser efetuada exclusivamente pela internet a partir desta segunda-feira, 29 de junho, e até o dia 27 de julho. O candidato deverá acessar o site da Comissão Coordenadora do Vestibular (www.ccv.ufes.br) e preencher o requerimento de inscrição até 23h59min do dia 27 de julho de 2015. O resultado está previsto para ser divulgado no dia 31 de julho. 

Todas as informações sobre o processo seletivo extraordinário estão disponíveis no edital anexado abaixo ou na página da CCV na internet.

Reconhecimento

A abertura de processo seletivo para os dois cursos foi possível após a decisão da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (MEC) de renovar o reconhecimento dos cursos Comunicação Social - Jornalismo e Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Ufes, publicada por meio de portaria no dia 12 de junho.

A portaria reverteu a decisão do MEC quanto à suspensão da oferta de vagas para os dois cursos, anunciada em dezembro de 2013, devido à pontuação insatisfatória que foi obtida no Conceito Preliminar de Cursos (CPC) dos anos de 2009 e 2012.

Texto: Thereza Marinho

 

Categoria: DestaqueAnexo:  ps2015_cs_edital_07_abertura.pdf

Ufes comunica com pesar o falecimento da estudante Jéssica Adriana Mendes

dom, 28/06/2015 - 18:59

A Administração Central da Ufes comunica com pesar o falecimento da estudante do curso de Direito, Jéssica Adriana Mendes da Cruz, ocorrido na noite deste sábado, 27, em decorrência de um acidente de carro na Rodovia do Sol.

O sepultamento foi realizado na tarde deste domingo, 28, no cemitério Parque da Paz, em Vila Velha.

Categoria: Destaque

Ufes comunica com pesar o falecimento do servidor José Valdir Pacífico

sab, 27/06/2015 - 15:10

A Administração Central da Ufes comunica com pesar o falecimento do servidor técnico-administrativo José Valdir Pacífico, ocorrido nesta sexta-feira, 26.

O servidor era auxiliar em Administração, ingressou na Ufes em 1993 e exercia suas funções no Centro de Ciências Exatas do campus de Goiabeiras.

Não há informações sobre o local, data e hora do sepultamento.

Categoria: Destaque

​TV Ufes: Festival de Cinema Europeu vai até 30 de junho no Cine Metrópolis

sex, 26/06/2015 - 18:15

Até a próxima terça-feira (30), acontece na Ufes o Festival de Cinema Europeu - evento que integra a 11ª Semana da Europa e conta com programação em diversas capitais.

Em Vitória, as sessões acontecem às 16 e às 20 horas, e os ingressos podem ser retirados 30 minutos antes de cada exibição, na bilheteria do Cine Metrópolis.

Confira na reportagem os detalhes do evento e a entrevista com o embaixador da Irlanda no Brasil, Brian Glynn, que veio a Vitória participar da abertura do Festival: http://migre.me/qsefP

A TV Ufes é veiculada no Canal 13 da NET e também divulga seus conteúdos na internet, por meio da página www.facebook.com/tvufese do canal TelevisaoUfes.

 

 

Categoria: Destaque

TV Ufes: Finais da Copa Ufes 2015 acontecem neste domingo, 28

sex, 26/06/2015 - 17:15

Mais de mil atletas universitários em quatro modalidades estão disputando a Copa Ufes 2015. O torneio começou no dia 28 de maio, e chega à última etapa neste fim de semana. As partidas finais serão no domingo, dia 28, no Tancredão, em Vitória, com entrada gratuita. Em entrevista à TV Ufes, a Atlética Central dos Estudantes da Ufes, organizadora do evento, conta os detalhes sobre as finais.

Confira na reportagem: http://migre.me/qs3Pa

A TV Ufes é veiculada no Canal 13 da NET e também divulga seus conteúdos na internet, por meio da página www.facebook.com/tvufese do canal TelevisaoUfes.

Categoria: Destaque

Atividades movimentam este sábado nos campi Alegre, Goiabeiras e São Mateus

sex, 26/06/2015 - 15:50

Este sábado, 27, será de muitas atividades nos campi de Goiabeiras, Alegre e São Mateus. No campus de Alegre acontece a terceira edição do Sábado ComCiência, uma realização do Museu de História Natural do Sul do Espírito Santo (Muses).

Além da exposição de réplicas e fósseis de animais pré-históricos, o projeto vai desenvolver atividades educativas relacionadas às ciências, como a confecção de dinossauros de papelão.

A visitação é gratuita e será realizada das 9 às 12 horas. Confira a programação completa no site do Muses: http://www.muses.ufes.br/.

Literatura

Em Goiabeiras, o Grupo de Pesquisa Literatura e Educação promove o IV Colóquio de Leitura, Literatura e Educação. O evento acontecerá das 9 às 17 horas, na sala 208 do prédio Bárbara Weinberg, no Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN).

O Colóquio tem a finalidade de compartilhar pesquisas e práticas profissionais relativas às áreas de leitura, educação e literatura. O evento vai contar com cinco palestras sobre pesquisas desenvolvidas no Programa de Pós-Graduação de Letras da Ufes.

O encontro é gratuito e aberto à comunidade universitária. As inscrições serão feitas no local do evento e os participantes receberão certificado.

A programação completa está no site www.literaturaeeducacao.ufes.br .

Cidadania

Já o Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes) realizará o projeto Cidadania no Bairro. Das 8 às 12 horas serão oferecidos no campus de São Mateus diversos serviços para a população como vacinação, corte de cabelo e emissão de documentos. Outra ação prevista será uma visita guiada na área do campus, para que os moradores conheçam mais sobre as instalações da Universidade no município.

Além de ter acesso a esses serviços, a comunidade do bairro Litorâneo, onde está localizado o Ceunes, terá a oportunidade de conhecer melhor o trabalho de outras instituições como a Polícia Ambiental, que falará sobre ações de educação ambiental e apresentará uma exposição de animais.

A programação completa está disponível no site http://www.ceunes.ufes.br/conteudo/dia-de-cidadania

Texto: Betina Hatum, Luísa Perdigão e Maria Luisa Silva (bolsistas de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque

Filmes para todos os públicos na programação do Cine Metrópolis

sex, 26/06/2015 - 12:52

O Cine Metrópolis exibe até o dia 1º de junho uma programação de filmes para todos os gostos. Entre as novidades estão o Festival de Cinema Europeu, Sessões Especiais e o Cine Defensoria.

Nesta sexta-feira (26), o filme Elefante (foto) de Gus Van Sant abre a Sessão Especial. O longa narra um dia aparentemente comum na vida de um grupo de estudantes. Enquanto a maior parte está engajada em suas atividades, dois alunos munidos de um arsenal de armas que vinham colecionando partem para a escola, onde serão protagonistas de uma grande tragédia. A sessão será às 13 horas e tem entrada gratuita.

O Metrópolis ainda conta, como parte de sua programação, com os filmes O Mágico de Oz, O Homem que virou Suco, Os Olhos sem Rosto e Cala a Boca, Philip.

Cine Defensoria

Já no dia 1º de julho acontece mais uma edição do Cine Defensoria, com o filme Juízo, de Maria Augusto Ramos. A obra conta a trajetória de jovens pobres, menores de 18 anos, diante da lei desde o instante da prisão até o julgamento. A sessão será às 19 horas e tem entrada gratuita.

Mais informações sobre a programação do Cine Metrópolis podem ser obtidas em sua página do Facebook.

Confira a programação completa (25 de junho a 01 de julho)

Sessão Especial

- Últimos Dias
Sexta-feira (26), às 13 horas - Entrada franca

- O Mágico de Oz
Segunda-feira (29), às 13 horas - Entrada franca

- O Homem que virou Suco
Terça-feira (30), às 10 horas - Entrada franca

- Os olhos Sem Rosto
Quarta-feira (01/07), às 17 horas - Entrada franca

Cine Defensoria

- Juízo
Quarta-feira (01/ 07), às 19 horas - Entrada franca

Em cartaz

- Cala a Boca, Philip
Quinta, sexta, segunda, terça-feira, às 18 horas
Entrada: R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia). Estudantes da Ufes têm entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha estudantil.

Festival de Cinema Europeu
Quinta, sexta, sábado, domingo, segunda e terça-feira.
Sessões às 16 h e 20 horas - Entrada gratuita.

 

Texto: Nayara Santana (bolsista de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: Destaque